Paradas de Final de Ano: analise os Sistemas de Lubrificação Centralizada em máquinas de seu parque fabril

 em Uncategorized

Lubrificação Centralizada Industrial.

A entrada no mês de Novembro, bem como a proximidade dos meses de Dezembro e Janeiro, para as indústrias, possui um significado maior. É chegada a hora de organizar-se para as férias coletivas da Produção, permitindo à equipe de Manutenção planejar-se para a Parada Anual.

Durante a Parada, os responsáveis pela Manutenção elétrica e mecânica podem vistoriar e realizar intervenções, que não puderam ser ocorrer ao longo do ano, como correções, ajustes e trocas.

Os equipamentos de lubrificação centralizada, responsáveis pela lubrificação das máquinas e equipamentos também devem ser passar por uma avaliação criteriosa.

Veja o que analisar nos Sistemas de Lubrificação Centralizada presentes em máquinas e equipamentos de seu parque fabril:

– A chave de nível, em bombas automáticas, está atuando corretamente, permitindo assim que, quando o reservatório estiver no nível mínimo, ocorra o alarme;

– O pressostato está sendo acionado corretamente;

– Para distribuidores da linha PDI, existe travamento em algum dos pontos lubrificados. Em caso positivo, o pistão estará fora do dosador, mesmo após a despressurização da linha. Recomenda-se uma investigação em toda tubulação presente desde a saída do dosador, até a conexão localizada no ponto;

– Existe vazamento em algum dos pontos de lubrificação. Caso sim, verifique se a conexão de lubrificação está bem travada ou é necessária troca;

– Existe amassado ou dano na tubulação principal e secundária. Se for necessária a troca, lembre-se sempre de limpar internamente toda a tubulação antes da montagem final. Caso permaneça alguma impureza, esta poderá causar problemas de travamento nos distribuidores podendo, inclusive, danificar as camisas e os pistões dos distribuidores;

– Em sistemas de lubrificação progressivos, a bomba pneumática está injetando graxa normalmente. Caso não esteja, verifique o nível do reservatório ou se o reservatório está com bolhas de ar. Para este último, purgar o ar da bomba por meio da válvula de purga localizada no lado esquerdo da bomba (Agulha – sextavado ½”).

Estes são apenas alguns itens importantes que compõem os Sistemas de Lubrificação Centralizada e devem ser analisados durante a programação de Parada. Os dois textos abaixo também trazem dicas sobre Sistemas de Lubrificação que podem ser válidas durante este período:

Lubrificação Centralizada Industrial – 6 principais hábitos na lubrificação centralizada que podem acarretar problemas

Lubrificação Centralizada – Identificando anomalias em Sistemas Linha PDI

 

CMB – Carmassa é Lubrificação Centralizada

Entre em contato conosco quando o assunto é Lubrificação Centralizada. Nossas equipes de Engenharia e Vendas estão à disposição para auxiliar-lhes em novos projetos ou mesmo peças de reposição.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Fale Conosco

Entre em contato com nossa equipe:

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt